quinta-feira, 3 de outubro de 2013

POESIAS DE OUTUBRO - DIA 03



AOS HETERÔNIMOS
ESTÁ CHOVENDO GLAMOUR EM FORMA DE VERSOS
ESTÁ VENTANDO MOVIMENTAÇÃO EM FORMA DE REFLEXÃO
ESTÁ ENTARDECENDO E ESCURECENDO O MEU CÉU
EM NOITE DE MUITOS NOMES DE PAPEL (£ÈO(NOR)

E COM VCS . . . FERNANDO PESSOA


Autopsicografia

O poeta é um fingidor.

Finge tão completamente

Que chega a fingir que é dor

A dor que deveras sente.


E os que leem o que escreve,

Na dor lida sentem bem,

Não as duas que ele teve,

Mas só a que eles não têm.


E assim nas calhas de roda

Gira, a entreter a razão,

Esse comboio de corda

Que se chama coração.




FERNANDO PESSOA nasceu em Lisboa, em junho de 1888, e morreu em novembro de 1935, na mesma cidade, aos 47 anos, em consequência de uma cirrose hepática. Sua última frase foi escrita na cama do hospital, em inglês, com a data de 29 de Novembro de 1935: “I know not what tomorrow will bring” (Não sei o que o amanhã trará). http://www.revistabula.com/522-os-10-melhores-poemas-de-fernando-pessoa

ALGUMAS FRASES INESQUECÍVEIS DE FERNANDO PESSOA
ü  Minha pátria é a língua portuguesa.
ü  Tudo vale a pena se a alma não é pequena.
ü  Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo...
ü  Não sou da altura que me vêem, mas sim da altura que meus olhos podem ver.
ü  Não sou nada. Nunca serei nada. Não posso querer ser nada. À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo...
ü  O homem é do tamanho do seu sonho.
ü  Quem não sente a ânsia de ser mais, não chegará a ser nada.
ü  O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis...
ü  Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
ü  Tenho pensamentos que, se pudesse revelá-los e fazê-los viver, acrescentariam nova luminosidade às estrelas, nova beleza ao mundo e maior amor ao coração dos homens.
ü  Há tanta suavidade em nada dizer e tudo se entender.
ü  A fé é o instinto da ação.

. . . E AMANHÃ TEM MAIS POESIA DE OUTRA MENTE BRILHANTE . . .



SE VOCÊ QUISER PASSEAR PELOS POSTS DA SÉRIE É SÓ CLICAR NO MENU À ESQUERDA EM "GAVETAS TEMÁTICAS". A GAVETINHA  "POESIAS DE OUTUBRO". VAI LEVAR-LHE EM PASSEIO POR ELES, UM ATRÁS DO OUTRO, ATÉ CHEGAR NO PRIMEIRO (OU ÚLTIMO, DEPENDENDO DO POSTO DE VISTA  :) !





4 comentários:

  1. Amei ! Tomara que todos que passam por aqui, adentrem em tantas outras postagens. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Léo,
    Amo poesias e os poetas que você está selecionando. Fernando Pessoa é o cara!
    " Todas as cartas de amor
    são ridículas.
    Não seriam cartas de amor se não fossem
    ridículas."

    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. To amando esses dias poéticos com vc...
    Beijos no coração sua (minha) diva!

    ResponderExcluir

A D O R O O O...OBRIGADA !